Em Obras

As obras de restauro da Vila Itororó instauram uma nova realidade no conjunto arquitetônico que constitui a Vila. Como esse conjunto deve ser preservado? Que multiplicidade de narrativas sobre a Vila poderão emergir do processo de restauração? Tais questões colocam em movimento tanto a prática dos arquitetos responsáveis pelo restauro como processos de pesquisa e criação por artistas convidados pela curadoria. Essas obras artísticas desenvolvidas a médio ou longo prazo, a partir de uma escuta atenta do contexto, criam novos sentidos, constroem presenças e apontam possibilidades para o futuro da Vila. De uma visão integrada entre patrimônio material e imaterial, passado e futuro, está sendo construído o presente da Vila Itororó.

Éden
ConstructLab

Como primeira atividade realizada no galpão da Vila Itororó, o coletivo ConstructLab foi convidado para construir módulos e equipamentos básicos para o local, tendo realizado uma oficina com aproximadamente 50 participantes na marcenaria do canteiro.

Leia mais

Padrões da Vila
Mônica Nador

É de pintura que se trata. Mas de uma pintura versátil, que extrapola seus próprios limites: fotografia, máscara de estêncil, parede, tecido e agora papel impresso; são alguns dos meios e suportes da prática expandida de pintura desenvolvida por Mônica Nador. Desde 2003, essa prática se desdobra numa diversidade de ações que ela vem realizando no Jardim Miriam Arte Club / JAMAC. 

Leia mais

Clínica Pública de Psicanálise

A experiência piloto de uma Clínica Pública de Psicanálise no galpão do projeto Vila Itororó Canteiro Aberto, com atendimentos individuais gratuitos, pretende ampliar, para além das práticas artísticas, a noção de cultura e o que se espera de um centro cultural.

Leia mais

Panapanã
Carla Zaccagnini

Já olhou uma borboleta de perto? Já prestou atenção no seu processo de transformação, ou, para melhor dizer, de metamorfose? Instigada a criar uma obra que pudesse propor caminhos para inventar novas formas de contar a história da Vila Itororó, e tornar o seu passado algo mais presente, a artista Carla Zaccagnini resolveu aproximar as mudanças radicais das borboletas com as que a cidade de São Paulo sofreu no século XX – de vilarejo a metrópole – e continua sofrendo.

Leia mais