Cartografia Afetiva no Bixiga: venha descobrir e contar as histórias e afetos desse bairro

Cartografia Afetiva no Bixiga: venha descobrir e contar as histórias e afetos desse bairro

É possível colocar sentimento num mapa? É possível construir mapas diferentes de um mesmo bairro? O que se coloca em um mapa de afetos?
 
A Vila Itororó Canteiro Aberto promove a oficina Cartografia Afetiva no Bixiga, com a educadora e turismóloga Isabella Santos. O objetivo é construir um mapa afetivo da Vila Itororó e proximidades, a partir de conversas com moradores, comerciantes, pesquisa bibliográfica e imagética e rodas de conversas com os temas memória, fotografia, patrimônio e cidade. A atividade é gratuita.
 
A oficina será dividida em três encontros, nos dias 23, 24 e 26 de fevereiro à tarde. Neles, os participantes descobrirão as possibilidades da cartografia afetiva, sairão pelas ruas do bairro e construirão um ou mais mapas a partir das saídas a campo. Pedimos que os interessados tragam celular ou câmera fotográfica e, para o primeiro encontro, um objeto que tenha importância para você.
 
Sobre a educadora
Isabella Santos é educadora com experiência nos temas turismo, cidade e negritude. Já criou mapas afetivos em diversos lugares: com adolescentes em medida socioeducativa em Mogi das Cruzes, num Quilombo no Maranhão e com jovens na Zona Sul, entre outros. É criadora do projeto Sampa Negra – Rosário a Rosário, contemplado pelo Programa Vai.
 
Oficina Cartografia Afetiva no Bixiga
sexta-feira, 23 de fevereiro, 13h30 às 16h30
sábado, 24 de fevereiro, 13h às 17h
segunda, 26 de fevereiro, 13h30 às 16h30
 
 Inscrições: bit.ly/cartografiabixiga
 
 Endereço
Rua Pedroso, 238 – Bela Vista/Bixiga
(próximo ao metrô São Joaquim)
Compartilhe:Share on FacebookGoogle+Tweet about this on Twittershare on TumblrEmail to someonePin on Pinterest