Histórias em Construção

Apresentar uma história única e oficial sobre a Vila Itororó seria ignorar as muitas histórias que atravessam e compõem esse lugar. Seria também ignorar todas as controvérsias que caracterizam seu passado e seu momento presente. Assim, é com o duplo objetivo de apresentar as muitas histórias da Vila e de tornar públicas aquelas que ainda estão sendo escritas, que este arquivo é compartilhado. Nessas histórias em construção ficam borradas fronteiras entre ficção e realidade, passado e presente, lembrança e esquecimento. De tal modo que a Vila Itororó torna-se mais palpável, em toda a sua complexidade, e em meio aos seus escombros. Se cada narrativa sobre a cidade é um campo de batalha, desbravar a história da Vila é abrir um caminho para a compreensão das tensões constitutivas da própria cidade de São Paulo: seu passado, sua atualidade e as contradições produtoras de seu futuro.

Quem tiver algum material acerca da Vila Itororó pode contribuir com a formação desse arquivo aqui.

ESCUTAR

Escutar

Arquivo sonoro em construção, composto por diferentes vozes de pessoas que viveram na Vila Itororó, passaram por ela ou que nela trabalham. Longe de contar uma história una e coesa sobre a Vila, esse arquivo permite acesso a vozes dissonantes e heterogêneas. Esses áudios podem ser ouvidos aqui no formato de material semi-bruto de pesquisa, com suas transcrições anexadas. Versões editadas na forma de um passeio sonoro pela Vila Itororó são disponibilizadas no canteiro de obras, constituindo uma possível história oral da Vila Itororó.

Acesse aqui

VER

Ver

Não basta olhar a Vila Itororó hoje para vê-la. Este arquivo visual em construção, composto por imagens de diferentes épocas, aponta para as muitas Vilas que existem na Vila Itororó e que o olho nu já não pode enxergar: o Rio Itororó, hoje canalizado embaixo da Av. 23 de maio; o palacete já habitado sendo ampliado pouco a pouco; as casas originalmente unifamiliares depois divididas em mais habitações, na forma de um cortiço; muros construídos, derrubados ou grafitados; entre outras transformações, como camadas que se sobrepõem ou mesmo se apagam. Acervos pessoais, pesquisas de longa duração, ensaios fotográficos, pinturas, desenhos e filmes/vídeos.

Acesse aqui

VIT-site-LER

Ler

Muito se escreveu sobre a Vila Itororó. Desde o diário de obras de Francisco de Castro, idealizador da Vila Itororó, passando por moradores, arquitetos, urbanistas, artistas, pesquisadores de áreas diversas e governantes. Aqui está sendo elaborado um arquivo formado por documentos textuais escaneados, livros, reportagens, artigos, pesquisas acadêmicas e também as pesquisas e publicações do projeto Vila Itororó Canteiro Aberto.

Acesse aqui