Solicitação de tombamento da Vila Itororó ao CONDEPHAAT

Em 1981, o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) solicitou o tombamento da Vila Itororó ao presidente do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado (CONDEPHAAT). O projeto de restauro da vila (e, por consequência, de sua transformação em centro cultural) estava sendo ameaçado, na época, por um processo de leilão do imóvel pela 9ª Vara da Família e Sucessões.

A importância da Vila Itororó se dá por ela ser um marco da ocupação espontânea da cidade, na forma de habitações coletivas populares ou de classe média, na época da industrialização paulistana. Ao mesmo tempo, a vila difere de outras construções da época por ter características peculiares, desde o uso do espaço até a mistura de estilos arquitetônicos.

As páginas aqui reproduzidas são referentes a esse documento, podendo servir de consulta para os interessados.

Baixe o PDF completo aqui