Vila Itororó, por Benedito Lima de Toledo

Marco no modo como a Vila Itororó é compreendida em relação à história da cidade de São Paulo, a pesquisa do arquiteto e pesquisador Benedito Lima de Toledo é lançada no formato de um livro, editado pelo projeto Vila Itororó Canteiro Aberto.

Baixe o PDF do livro aqui

Focando na excepcionalidade da Vila em relação às construções da época – uma construção excêntrica, arquitetura feita sem arquitetos, em um momento de transição entre técnicas pré-modernas e modernas, – a Vila é caracterizada por “sua feição original de ecletismo ou mesmo bizarria do ponto de vista arquitetônico, um conjunto que reflete um aspecto incomum do imigrante enriquecido e, neste caso específico, imaginoso”, nas palavras do autor.

O livro é fruto de uma pesquisa pessoal realizada por Benedito Lima de Toledo, que se origina no grupo de trabalho do qual o arquiteto fez parte, junto com Decio Tozzi, Claudio Tozzi, Burle Marx e Aracy Amaral. Na década de 70 o grupo inovou ao lançar um olhar sobre o conjunto da Vila Itororó, até então sem valor patrimonial. A pesquisa de Benedito Lima de Toledo abriu caminho para uma série de reflexões que foram aprofundadas em pesquisas posteriores; muitas coadunando com o autor, outras apresentando minúcias que lhe escaparam.

Outras pesquisas acerca da história da Vila Itororó podem ser encontradas no site do projeto Vila Itororó Canteiro Aberto, na seção Histórias em Construção e no documentário Vila Itororó Canteiro Aberto. Em breve, será lançado também o livro Vila Itororó: uma história em três atos (título provisório), escrito por Sarah Feldman e Ana Castro.

imagem_textobenedito